quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

RASCUNHO DA BUCETA DISPONÍVEL E DO PINTO INTANGÍVEL


Quando eu voltar
vou reencontrar
a bagunça que eu mesma fiz.

Há quem diz
precisar de tudo arrumadinho,
eu nunca quis arrumação,
eu sou louca na pista da beleza,
prefiro limpeza ao caos imundo

O versado limpo no bloco
que não corrige ortografia,
de caso pensado escolho palavras
que não me comprometam mais.

"Branca, da alma furta-cor" (Sr. Quintana)
prefiro melodia melada,
prefiro calor no frio
prefiro batalha no cio
prefiro não ficar na vontade
prefiro sentir com verdade
preciso dizer o que sinto
prefiro buceta a pinto.

*foto: acervo, chave, óculos , vô e colo de vô particular

O AMOR RESULTA INÚTIL, QUASE SEMPRE


quando eu me entretenho com muita coisa eu perco o foco e preferia uma máquina de escrever....



quando eu penso que escrever pode ser realmente, realmente... necessário (!) eu acabo desistindo, uma vez que pensar apenas, é mais fácil


quando eu não escrevo eu consigo manter secreto os meus segredos, e poupo minha vergonha de me abrir com que lerá


Mas, quando enquanto o tempo for aparentemente escasso, escreverei para contar da maneira que vivi e morrerei


De amor e por amor, hei de estar disposta a estar vivendo comendo um tanto de beijos, devorando só a intimidade que nos cabe...


enquanto o amor tiver esse gostinho de não resultar inútil


Dia dez do dez de dois mil e dez estiveram todos convidados para o meu casamento, que não existiu
que exigiu apenas viver na memória do que não deu tempo de viver
E conviver com a presença do que falta




*foto: acervo de computa-dor e ventila-dor particular

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

muitas estrelinhas

INDEPENDÊNCIA
IN 
PENDÊNCIA
INDIE
INDIE PEN DRIVE IN
DEPENDÊNCIA
DEMÊNCIA E CIA,
NO CIO CIE
IN CEN DEI Ê
SIM Ê!
IDE 
QUE 
O SENHOR OS COMPANHEM
APANHEM!
MUITAS ESTRELINHAS!


*foto: gata, acervo e renew25 particular

PÁGINAS DO LIVRO DE PAPEL

INSÔNIA E TUDO NO UNIVERSO



Hoje é um daqueles dias cansados de você
na sua ausência o silêncio só me fez enlouquecer
E emudecer pra entender que não tem volta,
não tem revolta...

Paranóia, com o barulho, com o som, com o clique, com o com,
coma máquina.

Ah!
É inevitável,
está tudo errado
vivemos de passado
vivemos de futuro de um sonho bom

infelizmente  acordamos....
7 vezes,
12 meses depois,
3 anos e alguns dias de frio e calor
entenda integralmente,
você é inteligente meu amor...

---Hoje é um daqueles dias, cansados de você
na sua ausencia o silencio só me fez enlouquecer
e me perder, no cansaço
na tristeza de ser apontado e não ser conhecido
de provavelmente ser enganado e se enganar
está tudo errado,
é inevitável evitar o desejo de ser só mais um sozinho

seguindo o caminho
do amor e da dor de não sentir e não querer!

( É inevitável,
está tudo errado
vivemos de passado
vivemos de futuro de um sonho bom...)


*foto: acervo particular