sexta-feira, 27 de maio de 2011

Nota sobre o sucesso

O preço do sujeito acaba de subir: o seu olhar clariciano e a escuridão de sua própria simbiose, em pazes com o insolúvel conforto de si que não dorme mais depois das sete e meia da manhã, e pacientemente acaricia conquistando a confiança dos felinos. O sujeito se entretém com problemas quando escolhe executar entretenimento: a linda namorada saboreada pouco a pouco, e um bocejo às nove e dezesseis anuncia que algo já está adaptado. Os olhos pesam, os pés estão frios, desligando os celulares...


Nenhum comentário:

Postar um comentário