quinta-feira, 2 de junho de 2011

Foi lindo, ficou pra trás...

Empolgação cansa, sem retorno demora um pouquinho, mas cansa também. Escrever cartinhas de despedida cansa também, e aqui fica mais fácil nem começar coisas. Fico embasbacada como o desejo se esvai dando passagem a uma dor de barriga filha da puta. Nem sei mais o que me satisfaz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário